Marcello Cardoso é o novo instrutor técnico da Escola de Profissionais do Turfe do JCB | Jockey Club Brasileiro
APOSTAS FECHADAS
PRÓXIMA REUNIÃO
Quinta-Feira
02/10
VOLTE NESTE DIA
PARA APOSTAR
  • Hipódromo Cristal RS
  •  
Baixar Programa Com Montaria

Marcello Cardoso é o novo instrutor técnico da Escola de Profissionais do Turfe do JCB

 Marcello Cardoso dono de 2715 vitórias em sua carreira, somente no Hipódromo da Gávea, e ganhador da maioria das provas clássicas do calendário nacional – bicampeão do GP Brasil (G1), com Queen Desejada, do Stud Alvarenga, e Potri Road, do Haras São Francisco de Paula, nos anos de 2001 e 2002; e do GP São Paulo (G1), com Sweet Eternity, do Haras São José da Serra, e Quick Road, do Stud JCM, nos anos de 1999 e 2007; além de Tríplice Coroado com Old Tune, do Haras Internacional, em 2012, só para citar algumas – é o novo instrutor técnico dos aprendizes da Escola de Profissionais do Turfe do Jockey Club Brasileiro.

Aos 38 anos, Marcello, que já montou para alguns dos maiores proprietários do país e que hoje tem contrato com o Stud Rio Dois Irmãos, é um dos mais bem sucedidos jóqueis do turfe brasileiro. O bridão se mostra bastante empolgado com a possibilidade de ajudar na capacitação de novos profissionais para o turfe nacional:

“Sinto-me honrado com o convite para atuar na Escola de Profissionais do Turfe (EPT). Será um novo desafio profissional e aceitei a empreitada principalmente pelo respeito que os aprendizes sempre tiveram por mim como pessoa e como jóquei, além, claro, da honra pela diretoria do Jockey Club Brasileiro confiar-me um cargo de tamanha responsabilidade.

Minha ideia é formar profissionais qualificados, pois acredito que não exista técnica ou talento natural que suplante a disciplina que a profissão exige. É importante também o relacionamento interpessoal e a conduta ética, tendo em vista a importância do acesso irrestrito a proprietários e treinadores. Além disto, precisa haver a conscientização dos aprendizes da importância da alimentação balanceada e do condicionamento físico na manutenção do peso ideal para assim poder conseguir alcançar a longevidade da carreira.

Depois de conhecer o programa nutricional da EPT, que tem a frente o Carlos Eduardo, – Nutricionista responsável pelo projeto de alimentação balanceada dos alunos da EPT -, fiquei entusiasmado, pois o serviço oferecido aos aprendizes na escola é altamente profissional o que, na minha visão, nos esportes de alto rendimento é imprescindível e essencial. Afinal, não existe sucesso sem esforço

Espero poder continuar contando com todo o apoio dos profissionais do turfe e proprietários, como sempre tive até hoje e que, agora, esse suporte seja extensivo também aos meus alunos para que possam crescer como jóqueis e cidadãos, preparando-os para a vida pós-EPT, que todos sabemos ser muito difícil”.

por Fernando Lopes – foto: Gerson Martins

Gostou da notícia? Compartilhe!
ENVIE ESTA PÁGINA PARA UM AMIGO