Aconteceu (07 à 09.07.2018), por Fernando Lopes | Jockey Club Brasileiro

Aconteceu (07 à 09.07.2018), por Fernando Lopes

Aconteceu…

SÁBADO (07.07.2018)

reuniao07072018 (8)Muito apostada e na descarga do líder Bruno Queiroz, Luanda Light engrenou com disposição para superar o favorito Ganhador, que chegou a dar fila de triunfo, porém não conseguiu conter o ímpeto da castanha invicta no gramado. Better Watch, em sua primeira incursão no gramado, ponteou, esmoreceu e terminou na terceira posição. Treinamento de Adélcio Menegolo para a potranca de Lisani Celi Nichele da Rocha.

reuniao07072018 (24)Atuando de Fenil, Filho de Campeão impôs sua maior categoria e conquistou a quinta vitória de sua campanha no Hipódromo da Gávea. Deslocando apenas 52 kg, com Waldomiro Blandi “up”, o cavalo do Stud Azul e Branco conta com o treinamento do consagrado Dulcino Guignoni. Fala Camarada atacou o ganhador a reta inteira, porém teve de contentar-se com a formação da exata. Dando peso a seus adversários, Desejo Ousado terminou em terceiro, agarrado.

reuniao07072018 (38)Esnobando os quase 13 meses fora das pistas, Estimada Patroa reapareceu com triunfo firme. Mantida por Luan Silva Machado na terceira posição, a defensora do Stud Caio, que quando solta no pasto, acabou levando um coice de outra égua e fraturou o joelho, mostrou estar plenamente recuperada, dominando a situação com facilidade e abrindo luz para o espelho. Um show do staff comandado pela fera Luiz Esteves. Em boa direção de Acedenir Gulart, Emilia Romagna formou a dupla. Flare tropeçou na largada e ainda recuperou-se para terminar na quarta colocação.

reuniao07072018 (52)É Fabulosa reapareceu em meados de maio com vitória das mais convincentes. Voltando agora, no começo de julho, a potranca do Haras Nacional voltou a mostrar excelente padrão de carreira e bateu, com firmeza, um lote de oito adversárias. Condução tranquila de Bruno Queiroz na potranca trazida do CT Vale do Marmelo sob a chancela do excelente Roberto Morgado Neto. Candy Light atropelou aberta para ficar com o segundo posto, porém sem jamais ameaçar a ganhadora.

reuniao07072018 (59)Leonilson não deu torcida para os adversários. Largando pela baliza um, com Leandro Henrique “up”, o cavalo do Haras El Relincho assumiu a ponta e não mais se deixou alcançar. Na reta, o pupilo de Ivan Jeronimo só fez aumentar sua vantagem. Sem animar em parte alguma do percurso, Tonsurton formou a dupla com pequena vantagem sobre Leggero. Comentado no hipódromo, o grandalhão Energia Hershey’s nunca deu impressão, fechando a pista.

reuniao07072018 (66)Sempre muito apostada desde a estreia, Galaxi Quest aprovou a subida de distância e conseguiu confirmar as expectativas de seus responsáveis, vencendo de forma convincente. Mantida no segundo posto por Valdinei Gil, a pupila do Haras Santa Maria de Araras, treinada por Givanildo Duarte, tomou conta do páreo no meio da reta e resistiu com sobras às investidas da encabulada Porquoi Pas. Esperada, Good Victory correu pouco.

reuniao07072018 (73)Grassi e Falco Bianco atropelaram juntos para decidir a sorte da carreira. Melhor para o potro do Stud Snob, que contou com um inspirado Valdinei Gil em seu dorso para superar o animal do Stud Vale do Paraíso. Preparo do ganhador para Julio Cezar Sampaio, que agora supera a barreira das 1.600 vitórias, sem dúvidas um dos mais dedicados e talentosos profissionais do Esporte dos Reis no país. Reaparecendo, Cabradapeste terminou em terceiro e não tarda a vencer por aqui.

reuniao07072018 (81)Após facílima vitória na pista de areia, que nem parece ser muito a sua seara, Joka Tango voltou na grama e manteve-se invicto aos cuidados do “Tordilho Negro”, Zenílton Barbosa. Bruno Queiroz, mais uma vez, esbanjou talento no dorso do animal do Stud Lagoa 26. Hiper Mura formou a dupla, com o favorito Bebê Francês em terceiro.

reuniao07072018 (92)Mostrando perfeita adaptação ao gramado, em sua primeira incursão na pista verde, Na Arena já passou na frente dos adversários. O animal do Stud Casablanca é treinado por Julio Cezar Sampaio (rumo as 1.700 conquistas) e contou com Valdinei Gil no comando das rédeas. Touro Bravo e João Bonitão chegara, em segundo e terceiro, respectivamente.

reuniao07072018 (103)Sobrando no claiming, Super Buck não encontrou dificuldade para superar seus rivais e fazer brilhar as sedas do Stud Nova Republica, de Cláudio Miragaia. Corrido em terceiro por Acedenir Gulart, atrás apenas de Maré Alta e Energia Ideal, o pupilo de Daniel Peres quando engrenou, Gulart trazendo sempre com o chicote na canhota, não deu torcida à seus adversários. Anthony Quinn veio de longe para tomar o segundo posto de Energia Ideal.

reuniao07072018 (107)Mesmo largando com atraso e fazendo o percurso de recuperação por fora dos rivais, Tchê Barbaridade mostrou sobras na companhia e ainda chegou em tempo de ser o primeiro colocado. Vitória para Marcos Mazini, a primeira do piloto depois que firmou parceria com o bom agente Alessandro Damasceno. Juca Bold tomou o segundo de Cantos Y Cuentos, que brigou com a polícia, nos pulos decisivos. Treinamento do castanho do Stud São José dos Bastiões para o campeão da estatística de Cidade Jardim, Valter dos Santos Lopes.

DOMINGO (08.07.2018)

reuniao08072018 (7)Great British largou veloz, tomou o pontão e chegou a parecer a vencedora. Entretanto, esmorecendo um pouco, permitiu a Kindred Kiss atropelar em tempo de superar a rival e vencer. Ótima condução de Edson Ferreira Filho na égua de Miguel Ademilson Prestes, apresentada com a categoria habitual por Osmar Loezer.

reuniao08072018 (17)Voltando a atuar numa pista leve, na qual rende o máximo, Knowledge resistiu ao tropel de Tiepollo e levou a melhor no Grande Prêmio Presidente Vargas (G3). A carreira, uma das melhores da reunião deste domingo08 de julho, no Hipódromo da Gávea, foi realizada em 1.600 metros, pista de grama.

Na hora da decisão, Knowledge já entrou apertando o cerco contra Tiro Ao Alvo, que ainda resistia. Tiepollo melhorava aberto. Na tocada de Muriel Silva Machado, Knowledge dominou a situação. Nisso, Tiepollo apresentou-se com ação, mas atirando-se demais para dentro, não conseguiu alcançar Knowledge antes do espelho, que ficou com o triunfo. Tiro Ao Alvo, Kaxinguele e Ghoul completaram o marcador.

reuniao08072018 (28)Muito bem apresentado por Daniel Lopes, Knowledge é um 5 anos, filho de Vettori e Nossa Gaúcha, por American Gipsy, de criação e propriedade do Haras Nacional. Na sua sétima vitória – a segunda nobre, a outra no GP Julio Cápua (G3) – em quinze apresentações, Knowledge passou a milha em 1min34s35.

reuniao08072018 (34)Potro levado na mais alta conta, Garbo fez jus ao esperado, largando e acabando. Henderson Fernandes mostrou a boa e velha eficiência, esperto na largada e perfeito na dosagem do ritmo do castanho do Stud Yatasto, apresentado pelo líder Dulcino Guignoni. Norwegian Warrior e Muchas Gracias, os mais apostados, chegaram na sequência.

reuniao08072018 (40)Pimper’s Paradise havia feito ótima estreia na semana do GP Brasil, quando mesmo “pregando o pé”, fez ótimo segundo. Apesar de ainda muito verdão – pulou as passagens e olhou para a tribuna reta inteira – neste páreo Wesley da Silva Cardoso conseguiu conter o ímpeto do potro do Haras Doce Vale, correu-o em terceiro e na reta dominou a situação, confirmando as virtudes e mostrando que será um osso duro de roer na Taça de Prata. Preparo da fera, Venâncio Nahid. Forjado a Ouro formou a dupla.

reuniao08072018 (57)Quarto colocado no GP Brasil (G1), em dia de terreno bastante anormal, Olimpovoltou numa grama leve e impôs sua maior categoria para superar um valente Guaruçá e conquistar o tradicionalíssimo Grande Prêmio Dezesseis de Julho (G2). A carreira, uma das principais da reunião deste domingo08 de julho, no Hipódromo da Gávea, foi disputada em 2.000 metros.

Em plena reta final, Guaruçá entrou mandando no mpáreo e Olimpo rapidamente partiu para o ataque. Devil Cat também tentou juntar-se na luta, mas diminuiu um pouco seu ímpeto. Edotto melhorava, assim como Céu de Brigadeiro. Com Vagner Borges usando todos seus recursos, Olimpo dominou o ponteiro Guaruçá e deu fila de que venceria com facilidade. Ledo engano, valente, Guaruçá reacionou por dentro e chegou a emparelhar com Olimpo. Porém, Olimpo ainda tinha forças e conseguiu pequena vantagem no espelho, ganhando bem. Guaruçá fez ótima performance, formando a dupla. Agarrado, Edotto terminou em terceiro. Devil Cat e Céu de Brigadeiro completaram o placar. 

reuniao08072018 (62)Preparado no Centro de Treinamento Vale da Boa Esperança, em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, Olimpo é um 4 anos, filho de Redattore e Op Colony, por New Colony, de criação e propriedade para o Haras São José da Serra. Na sua quinta vitória, a terceira nobre – GP Francisco Eduardo de Paula Machado (G1) e GP Doutor Frontin (G2) – Olimpo cobriu os dois quilômetros em 2min03s08.

reuniao08072018 (66)Atropelando forte pelo meio de raia, Ordinary Love encabeçou a dobrada do Haras Doce Vale – Nemvemquenãotem foi a segunda – no Grande Prêmio Onze de Julho(G2). Terceira prova de Grupo deste domingo08 de julho, a carreira reuniu éguas de 4 anos e mais foi realizada em 2.000 metros, pista de grama leve.

No momento da decisão, Tapera seguia mandando no páreo e ninguém descontava muita coisa. Nos 450 metros finais Feminine atirou-se na cerca (Muriel Silva Machado nada sofreu de mais grave). Ordinary Love começou a embalar pelo meio de raia, mas ainda vinha longe. Nãovemquenãotem progredia por dentro. Embalada, na tocada segura de Wesley da Silva Cardoso, Ordinary Love passou uma a uma de suas rivais para ser a primeira no espelho, em triunfo empolgante. Formando a dobrada, Nãovemquenãotem ficou com o segundo posto. Future Queen, Silence Is Gold e Per-Piacere fecharam o marcador remunerado.

reuniao08072018 (79)Treinada no CT Vale do Itajara pelo campeoníssimo Venâncio Nahid (assim como Nemvemquenãotem), Ordinary Love é uma 4 anos, filha de Ay Caramba e Buy Me Love, por Jules de criação e propriedade do Haras Doce Vale. Na sua segunda vitória, a primeira nobre, em oito saídas, Ordinary Love cobriu os dois quilômetros em 2min02s.

reuniao08072018 (82)Correndo o claiming e o páreo intermediário constantemente, Opus Magna veio na turma e superou a favorita Joan Jett em final apertado. Henderson Fernandes e Luiz Arthur Fernandes Fº foram brilhantes em seus trabalhos para a égua de Aldo José Laitano.

reuniao08072018 (97)Reno e Kurdish, os dois preferidos do público apostador decidiram a sorte da prova. Kurdish mandou na prova desde o começo e resistiu o quando pode. Porém, medicado com Fenil e na descarga de Bruno Queiroz, se mostrou impossível para o valente cavalo do Stud Capitão resistir a Reno. Vitória do Stud Acqua Azul e do treinador Dulcino Guignoni. Festa no winners circle para comemorar os aniversários das Bias, as queridíssimas gêmeas e chefes de torcida da família Queiroz.

reuniao08072018 (101)Um verdadeiro galope de saúde deu a castanha Étoile des Étoiles na parceirada. Ponteando desde a largada, na reta Étoile des Étoiles despediu as rivais, com facilidade. Marcelo Almeida deu tranquila condução à pupila de Cristina Resende. Na dobrada de André Luiz Dumortout de Mendonça, Real Wona ficou com a segunda colocação.

reuniao08072018 (114)Retrospecto do páreo, Big Nice mostrou força apesar dos seus poucos mais de 400 kg para resistir ao tropel de Splash Refuge, que mostrou progressos. Waldomiro Blandi e Roberto Solanés estiveram impecáveis em suas funções para a égua do Haras Bigão.

reuniao08072018 (120)La Naya vigiou de perto a ponteira Happy Be e decidiu a parada cedo, não dando chance ao tropel da favorita Instigante Lady, a segunda colocada. Vagner Borges é um primor no dorso de um PSI e mostrou isso mais uma vez na condução da égua do Stud Vert Blanc Rouge, muitíssimo bem apresentada por Orlando Luiz Silva, o Landinho. 

SEGUNDA-FEIRA (09.07.2018)

reuniao09072018 (1)Admiráveis os progressos de Jerônimo que, nos últimos 12 meses, conquistou seis das 10 vitórias de sua campanha. Desta feita, o animal de André Luiz Dumortout de Mendonça bateu corredores de ótimo padrão, como Carrocel Encantado e Cabecinho, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Direção excelente de Marcelo Gonçalves e preparo caprichado de Cristina Resende.

reuniao09072018 (10)Na insistência e na técnica de Bruno Queiroz, montando como gente grande, Humor Distorcido pegou Zolano nos últimos pulos (adiando a primeira vitória de L.F.Henriques) confirmando o favoritismo da pedra e fazendo a Super Tri do proprietário André Luiz Dumortout de Mendonça. Treinamento de Jesse James para o ganhador.

reuniao09072018 (21)Pegando parceria bastante favorável, Hidetaka não deu susto. Largou, floreou e veio até o disco sem ser incomodado. Direção segura de Henderson Fernandes no animal do Stud Palura, mandado à pista em ótima forma por Luiz Arthur Fernandes Filho. Ultra Veloz veio de longe para formar a dupla, sem ameaçar o ganhador. Terceiro colocado, Itauba Sarge não demora a vencer por aqui.

reuniao09072018 (24)Mostrando extrema valentia e ótimo poderio locomotor, Lorenzo resistiu a tudo e a todos para vencer a segunda em sua campanha. Wesley da Silva Cardoso e Marcos Ferreira estiveram impecáveis nos serviços para o cavalo de Ronaldo Cramer Moraes Veiga. American formou a dupla. Favorito, American Sniper não confirmou o esperado e terminou descolocado.

reuniao09072018 (31)Levando peso de todos os seus rivais, Garenne impôs-se com autoridade, dominando Lasting Colony nos metros finais e vencendo firme. Dirigida pelo líder Bruno Queiroz e treinada por Venâncio Nahid, Garenne defende as cores do Haras Santa Rita da Serra, de Afonso Burlamaqui. O mais apostado, Set Ton conquistou discreto quinto lugar.

reuniao09072018 (42)Com Carlos Lavor substituindo Vagner Borges, Enjoy The Ride entrou na reta embalado, passou cada um de seus adversários e cruzou o disco na frente para levar ao winners circle o popular Ica, titular do Stud Daltex. Capricho de José Ferreira dos Reis no primeiro colocado. Flight To Peru formou a exata que abriu a Quinexata da noturna.

reuniao09072018 (45)Explosive Street saiu quente das caixas, como de hábito, destruiu Twenty Seven, parou um pouco no final, mas ainda em tempo de ser a primeira no espelho, em direção inteligente de Marcelo Gonçalves. Emperor Of Kicks descontou bastante, porém teve de contentar-se com a formação da dupla. Mais uma boa apresentação de Cristina Resende, nesta oportunidade em égua do turfman Mauricio Roriz dos Santos.

reuniao09072018 (52)Kihale e Tina Ambrosio saíram mandando no páreo e deram fila de que decidiriam, Tina Ambrosio esmoreceu. Todavia, Kihale manteve-se firme e chegou a dar fila de vencer. Entretanto, o ritmo inicial cobrou o preço e Fullart veio do fundo do lote para superar a favorita do público apostador. Marcelo Gonçalves e Cristina Resende formaram parceira perfeita na noturna, agora para o Haras La Querencia Dourada.

reuniao09072018 (56)Existem alguns páreos que somente a determinação e a explosão física de Leandro Henrique são capazes de decidir. Giorgio de Chirico atacou Chamigo durante quase toda reta e não passou. Porém, nos 30 metros finais, Leandro fez Giorgio de Chirico dar a estocada final para livrar pequena vantagem sobre o poderoso inimigo. Um show! Treinamento de Leonardo José dos Reis no cavalo de Ricardo Lahóz. Agarrado, em terceiro, chegou Poker de Birigui, que pareceu o ganhador durante toda a luta de Giorgio de Chirico e Chamigo.

reuniao09072018 (63)Uma carreira que já se mostrava perigosa (pela presença de inúmeros cavalos ligeiros) ao estudar os competidores, ficou ainda mais após o repórter Celson Afonso contar as instruções de cada um dos competidores. Na pista, o favorito Mister Catarina saiu veloz e Bip Bop foi em seu encalço. Os dois abriram boa vantagem sobre o lote. Bip Bop logo cansou e Mister Catarina ficou “solito” na dianteira. Porém, o ritmo de deixar corados os participantes da Penca de Carazinho cobrou seu preço. O cavalo do Stud Palura começou a pular no mesmo lugar. Designado e Desejado Amor surgiram embalados por fora e disputaram a vitória até o espelho, com vantagem para Designado. Edson Ferreira Filho mostrou qualidades no dorso do animal de Rogerio F.P. da Silva e Edilson R.S. dos Santos, apresentado pelo experiente Edson Ferreira.

por Fernando Lopes – fotos: Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!