Atropelada irresistível de Namur para vencer a P.E. Helíaco | Jockey Club Brasileiro

Atropelada irresistível de Namur para vencer a P.E. Helíaco

Namur entrou a reta na última colocação e atropelou de forma irresistível para passar um a um dos rivais e vencer a Prova Especial Helíaco. A carreira, uma justa homenagem do JCB a um dos maiores cavalos do turfe nacional, foi a atração maior da reunião desta segunda-feira, 12 de março, no Hipódromo da Gávea, e disputada em 1.900 metros, pista de areia macia.

NAMUR CHEGADAPáreo reunindo bons arenáticos e partida ótima para os nove concorrentes. Pelas balizas de dentro, Forestiere e Peter-Pilotto assumiram as primeiras colocações com Valente Duque, Capitólio, Special Envoy, Say It Again, Gallet, Life Style e Namur vinham na sequência. Galopando largo na frente, Forestiere mostrava o caminho sempre seguido por Peter-Pilotto. Em terceiro, Valente Duque vigiava de perto os dois primeiros. No final da grande curva, o ganhador Namur ocupava a última colocação e começava a ser colocado por fora de todos por seu piloto.

Na reta final, Forestiere, indo pela primeira vez à distância, começou a diminuir o ímpeto. Peter-Pilotto assumiu a ponta, mas nem sentiu direito o gostinho da liderança, pois Valente Duque apareceu com ótima ação e de golpe passou para primeiro, colou na cerca e deu fila de que poderia vir até o disco. Entretanto, Namur, que antes ocupava o último lugar, melhorava francamente pelo meio de pista com galões vistosos. Mesmo atirando-se para dentro e obrigando Henderson Fernandes a trabalhar com o chicote na canhota, Namur teve fôlego para suplantar Valente Duque e vencer bela carreira. Valente Duque formou a exata, com Life Style, capitólio e Peter-Pilotto completando o marcador. Ponta e dupla de dois dos quatro potros de 3 anos anotados na competição.

H.FERNANDES E TREINADORPrimorosamente preparado no “CT Gávea” por Leonardo José dos Reis, Namur é um 3 anos, filho de Elmustanser e Michelle O, por Political Force, criado pelo Haras Estrela Energia e defensor das belas sedas do Stud Doce Ilusão. Na sua terceira vitória, em dez apresentações, Namur parou os cronômetros em 2min00s17.

PREMIACAO (2) PREMIACAO

por Fernando Lopes – fotos: Victor Antunes

Gostou da notícia? Compartilhe!