Aconteceu (08 à 10.02.2018), por Fernando Lopes | Jockey Club Brasileiro

Aconteceu (08 à 10.02.2018), por Fernando Lopes

Aconteceu…

QUINTA-FEIRA (08.02.2018)

REUNIAO08022018 (3)Super Academy aprovou inteiramente a subida para o Centro de Treinamento, retornou belíssimo e conseguiu firme êxito para abrir a reunião da semana carnavalesca do Hipódromo da Gávea. Conduzido com tranquilidade pelo aprendiz Bruno Queiroz, Super Academy entrou na reta dando carga no ponteiro Thunder Jet e o dominou sem luta, para abrir confortável vantagem até o espelho. O cavalo do Stud Matosinhos é treinado no CT Lost Love pelo ótimo Adélcio Menegolo. Favorita, Goldinha formou a dupla, porém sem jamais ameaçar o vencedor.

REUNIAO08022018 (15)Kane já venceu esse claiming e foi desclassificado. Desta feita, sem problemas no percurso, o alazão filho de Inexplicable atropelou com disposição para conseguir o primeiro triunfo em sua campanha. Adílton Marques da Silva e João Ricardo Loureiro mostraram competência para levar o cavalo do Stud Família à primeira colocação. Quadrática ficou com a segunda posição.

REUNIAO08022018 (26)Quality State agradeceu os 200 metros a mais no percurso e embalou com disposição para cruzar o disco à frente de seus rivais. Boa a direção de Marcelo Gonçalves no cavalo de Mauricio Roriz dos Santos, preparado por Cristina Resende. O favorito Canadian Boy demorou a embalar e ficou apenas com o segundo posto.

REUNIAO08022018 (31)Maior favorito do dia, após três segundos seguidos, Natural Champion chegou a dar impressão de que não alcançaria o ponteiro Last Approval. Todavia, na energia de Valdinei Gil, o potro da Coudelaria Jéssica engrenou e conseguiu ultrapassar o poderoso rival para vencer firme. Preparo da fera Julio Cezar Sampaio.

REUNIAO08022018 (36)Na sua quarta vitória nos últimos 12 meses, Jerônimo, que vinha de segundo forçando turma, veio de longe para conseguir a primeira colocação. Seu companheiro de cocheira, ambos treinados por Cristina Resende, Utwo veio na mesma esteira e formou a dupla. Mais uma conquista de Adílton Marques da Silva na jornada e para a farda do turfman André Luiz Dumortout de Mendonça.

REUNIAO08022018 (48)No dia de seu retorno às pistas após uma queda nos matinais que resultou numa fratura de bacia com vários pinos e placas de herança, Marcos Staiti deu excelente condução a Meia Lua. A defensora de Maria Terezinha Lins Mattos, treinada por Ivan Brasiliense, entrou na hora da verdade embalada, passou por Negro Jet e, escorou, de longe, o ataque de Desejado Amor, o segundo colocado.

REUNIAO08022018 (60)Como não há uma sem duas, Marcos Staiti deu outra bela direção para levar Rainha Judith ao triunfo. Correndo diferente, sem brigar na ponta, a égua de Carlos Alberto Moura da Silva veio na hora exata e no momento propício para dominar Fiel Depositário, que chegou a dar grande fila de que seria o primeiro colocado. Treinamento para Ildefonso Coelho de Souza, que tem apresentado seus animais de forma perfeita.

REUNIAO08022018 (70)Numa reunião em que nenhum animal venceu de ponta a ponta, Silent Passion, nesta oportunidade correndo somente contra as fêmeas, veio de trás para ser a primeira sem constatação. Valdinei Gil deu excelente condução à potranca do Stud Star Alliance, apresentada impecavelmente por Renan Marques. Preferida do público apostador, Pirlimpimpim não teve força para resistir ao tropel da ganhadora e ficou na formação da exata.

SEXTA-FEIRA (09.02.2018)

REUNIAO09022018 (6)Uma das forças na abertura da reunião pré-carnavalesca da Gávea, Invencible Hill contou com “a fita métrica” que Valdinei Gil tem na cabeça para alcançar Nick Mig no espelho, quando este já parecia o vencedor. Zenilton Barbosa mandou o cavalo do Haras do Morro à raia em forma soberba, fruto de seu ótimo trabalho. Vontade de Matar foi terceiro na categoria, pois está totalmente fora de distância.

REUNIAO09022018 (16)Atrasado na companhia, finalmente chegou a hora de Dottore fazer às pazes com o disco (algo que não ocorria desde outubro de 2015). Bruno Queiroz mostrou calma para acompanhar a veloz Divina Moça, sem brigar, e na reta domina-la e fugir para o espelho. Luiz Arthur Fernandes mandou o cavalo de Felipe Augusto Pedrosa Ximenes á pista em ótimo estado. Divina Moça, tinindo, formou a dupla.

REUNIAO09022018 (23)Luna Bella mostrou perfeita adaptação aos dois quilômetros e atropelou com força para ganhar de forma incontestável. Guaratinga fez jus à raça (Nedawi numa mãe Ski Champ), melhorou no aumento da distância e foi a segunda. Muriel Silva Machado e Claudio Peixoto Almeida estiveram perfeitos em suas funções para a potranca do Haras Nacional. Favorita, Naive Quixote chegou a dominar o páreo, mas esmoreceu por completo.

REUNIAO09022018 (34)Uma das boas pedidas da reunião, voltando a correr na pista verde, Doc Doc Doc mostrou superioridade na companhia, conquistando êxito firme. O potro do Stud Paulo’s Paiva e Meira contou com a luxuosa direção de Valdinei Gil e o capricho de Marcos Ferreira, que trouxe o ganhador tinindo do vale do Itajara. Responsável pelo train da competição, Final Road terminou no segundo posto.

REUNIAO09022018 (44)Força da competição, Ipanema Acteon não tomou conhecimento da parceirada. Corrida no meio do pelotão por Valdinei Gil, quando engrenou, a defensora do Stud H&R passou de viagem por suas rivais, em mais um êxito fácil. Apresentação de Leandro Guignoni. Na dupla dos Guignoni, a pupila do pai, Dulcino, Falla, terminou no segundo posto.

REUNIAO09022018 (57)Atrevida e muito corredora, Emepelafer conseguiu a quarta vitória de sua ótima campanha. O ritmo inicial, em que a favorita Say It Again não teve folgas com Very Evil em seu encalço, foram ótimos para a defensora do Haras Sweet Carol, que contou com os serviços do líder Leandro Henrique, em seu dorso, e de Adélcio Menegolo, no seu preparo. Na dupla das fêmeas do páreo, Say It Again foi a segunda. Escalibur correu bem aquém do esperado, terminando fora do marcador.

REUNIAO09022018 (64)Balança Comercial vendeu um mundo de pules na última e não correspondeu. Desta feita, no gramado (a outra foi na areia), mesmo largando com atraso, o castanho fez o batismo vitorioso da farda do Stud New Shan-Gri-Lá. Direção de Carlos Lavor e treinamento caprichado de Luiz Guilherme Feijó Ulloa. No último pulo, Famous Italian formou a dupla. Apaguem a corrida de Macabeu, que teve reta entreverada. Na próxima, sem problemas, primeiro ele.

REUNIAO09022018 (75)Repetindo o ótimo padrão mostrado em sua vitória recente, por 10 corpos, no quilômetro, o que não é normal, Madame Renata deu outro galope de saúde, desta vez na turma e em 1.300 metros. Apresentação nota 10 de Bruno Ulloa na tordilha do Stud Amendoeira, conduzida com tranquilidade por Marcos Mazini. Flor de Laranjeira ficou com a segunda colocação.

REUNIAO09022018 (95)Mesmo largando pela última baliza, Estrangeiro confirmou o excelente estado, evidenciado após o belíssimo cânter e levou, mais uma vez, a o tricolor Bernardo Bustamante, titular do Stud Bustamante, ao winners circle. Filipe Queiroz esteve impecável na direção do ganhador, apresentado perfeitamente por Tulio Penelas. Dom Casmurro atropelou para formar a dupla, subindo de claiming e correndo bem.

SÁBADO (10.02.2018)

Prezados leitores. Como todos os páreos da reunião eram em homenagem às Escolas de Samba do Rio de Janeiro, havia feito os comentários das provas páreos agregando pedaços dos sambas de 2018 de cada uma delas. Entretanto, após o grave acidente com o aprendiz Bruno Sousa, não me vi em condições de publicar algo divertido. Por isso o texto, que já era para ter sido postado, atrasou um pouco. Sigamos, então, orando e mandando mensagens positivas para o jovem Bruno.

Justo Mano Chegada 3Justo Mano mostrou velocidade absurda e não deu chance aos velozes de estarem nem próximos a ele no percurso. De ponta a ponta, vitória firme do pupilo de Marcus Aurélio. Primeiro êxito de Marcelo Almeida após seu retorno e com as belas sedas que celebram a bandeira portuguesa, de Antonio José M. da S. Morais. April do Jaguarete chegou a dqar impressão de brigar pelo primeiro, mas ficou com a formação da dupla. Wales Thunder e Marca Quente renderam aquém do esperado.

Hunter Chegada 3Sempre vendendo muito jogo, Hunter finalmente deixou o perdedor. A energia de Henderson Fernandes no cavalo do Stud Everest, apresentado por Jaime Moniz Barreto de Aragão, foi essencial para Hunter superar Gente Bem, que ponteou a prova desde o larga.

Querida Niquita Chegada 3A melhor indicação do dia, Querida Niquita não decepcionou os turfistas. Corrida com tranquilidade por seu piloto, a égua do Stud Cariri de Recife mostrou superioridade na enturmação. Brilhou a dupla dos maiores ganhadores da semana, Valdinei Gil e Adélcio Menegolo. Naughty Maria e Naked Moon chegaram na sequência.

El Toro Benny Chegada 3Numa prova em que grande parte dos inscritos nunca havia pisado no gramado, a vitória ficou com um deles. Adaptando-se perfeitamente à raia verde, El Toro Benny embalou com disposição para obter a vitória. Mais uma boa pilotagem de Henderson Fernandes, agora no cavalo do Stud Sion, treinado por Alvaro Castillo. Outro Thunder e Missiel finalizaram na sequência. Favorita, Up Speed fez muitas manhas e acabou esmorecendo após ameaçar vencer durante boa parte da reta.

Olimpo Chegada 3Na carreira de melhor nível técnico do dia, Olimpo voltou à turma para impor sua maior categoria. Marcos Mazini simplificou na condução do potro do Haras São José da Serra, treinado por Dulcino Guignoni. Fusaich Love, que largou com atraso e depois forçou para pontear, formou a dupla. John Galliano terminou em terceiro.

Joao Amigao Chegada 3Invicto no gramado carioca, João Amigão repetiu o fácil triunfo conseguido em sua estreia e tinha tudo para ser mais uma foto festiva do simpático Stud Gata da Serra com o cavalo muito bem treinado pelo experiente Jairo Borges. Entretanto, uma fatalidade fez o selim de Bruno Sousa correr para trás e no lance o aprendiz desequilibrou-se. Acertado na fronte pela pata do cavalo, Bruno ficou no chão desacordado. Levado imediatamente ao hospital, Bruno luta por sua vida e precisa de todo nosso apoio, orações e melhores vibrações.

Fossato Chegada 3Em carreira com estreantes de ótimas filiações e um favorito que sempre promete para a próxima, levou a melhor o debutante Fossato, um Drosselmeyer numa mãe Smart Strike, criado pelo Haras Anderson e defensor das sedas do Haras Sweet Carol. Direção enérgica de Carlos Lavor e o preparo 100% de Adélcio Menegolo. Pela quarta vez seguida, Super Bold ficou com a segunda colocação. Tremenda caixa econômica para o Stud Santa Tereza, um potro com nove atuações e quase um prêmio e meio de faturamento.

Danga Chegada 3Um dos retrospectos da competição, a pequenina Orangina passou na frente com autoridade máxima. Acompanhou o ritmo próxima às ponteiras e fuzilou na reta. Wesley da Silva Cardoso montou com serenidade a potranca do Stud Danga, treinada por Ildefonso Coelho de Souza. Menina Levada e Lily Valley finalizaram a seguir.

Kaiak Chegada 3Redabana tentou a tática de corrida ideal. Pontear e tirar suas rivais do natural. Todavia, Kawajima não lhe deu sossego na primeira parte do percurso, tentando a todo custo tirar-lhe a ponta. Essa perseguição cobrou seu preço e, mesmo com a adversária cansando cedo, Redabana não teve como resistir ao tropel de Kaiak e Olympic Gstaad, que ficaram com as duas primeiras colocações. Kaiak é treinada por Leonardo José dos Reis, pertence ao Haras Nacional e recebeu bela condução de Muriel Silva Machado.

por Fernando Lopes – fotos: Gerson Martins & Sylvio Rondinelli

Gostou da notícia? Compartilhe!