Transferido para hospital em Ipanema, Bruno Sousa segue em recuperação (ATUALIZADO 06h30 – 25/05) | Jockey Club Brasileiro

Transferido para hospital em Ipanema, Bruno Sousa segue em recuperação (ATUALIZADO 06h30 – 25/05)

brunosousa2b

Bruno após ser atendido no Miguel Couto de 10 de fevereiro até 17 de março, quando foi transferido para o Hospital Pasteur. localizado no Méier, bairro da zona norte carioca, Bruno Sousa agora está no Hospital Clinica Ipanema, na Rua Canning 16.

=====

Bruno, que está num quarto individual no novo hospital, um dos melhores da cidade, segue acordado e fazendo fisioterapia 3x por dia.

Se no Miguel Couto e no Pasteur ele tomava banho no próprio leito, agora já o faz sentado numa cadeira e no chuveiro do quarto.

O aprendiz também consegue ficar recostado na cama e não mais apenas deitado. Sua aparência é nitidamente melhor e, numa coisa que seria preocupante para sua carreira, hoje é de vital importância, Bruno ganhou peso corporal.

O hospital oferece ainda acompanhamento psicológico, não só para o menino oriundo de Pernambuco, como para seus familiares também. 

Bruno  não tirou o tubo da traqueostomia porque quando da realização do procedimento ele apresentou uma tosse constante. Para não arrebentar os pontos da cabeça (da recolocação da calota craniana), os médicos preferiram aguardar. Porém, sua respiração é normal,  sem ajuda de aparelhos.

Sigamos todos em oração e com pensamento positivo para a mais breve recuperação do nosso “Bolachinha”. 

=====

O aprendiz Bruno Sousa segue apresentando melhoras em seu quadro já passados mais de três meses do seu acidente no Hipódromo da Gávea.

Na visita da tarde, Bruno seguiu respondendo a estímulos e entendendo o que as pessoas ao seu redor falam, já levantando e mexendo a cabeça, os braços e as pernas. Bruno ainda não recuperou a fala, mas os progressos, dia após dia, são evidentes.

Na parte da noite, Bruno passou por um procedimento cirúrgico, para a recolocação da da sua calota craniana. O jovem já está no quarto do CTI, lúcido e em bom estado.

Sigamos todos orando e pensando positivo para que o nosso “Bolachinha” saia dessa o mais rápido possível. 

=====

Nesta quarta-feira, 25 de abril, Bruno Sousa apresentou uma melhora em seu quadro. Recebendo a visita da Supervisora da EPT, Juliana Dias, o piloto conseguiu ficar atento a toda conversa e acompanhava com os olhos toda a movimentação de Juliana e com movimentos nas pernas e no braço direito.

Seu quadro clínico está estável e nesta quinta-feira, Juliana e a mãe de Bruno, Maria do Carmo, irão visitar duas clínicas de recuperação na zona sul do Rio de Janeiro, uma em Ipanema e a outra em Botafogo, para a transferência de Bruno, visando um atendimento ainda melhor ao jovem pernambucano. 

As orações e as mensagens positivas seguem necessárias e essenciais para a recuperação do nosso “Bolachinha”.

Sigamos!

(ATUALIZAÇÃO 05/04/2018 – 16h)

====

Nesta segunda-feira, 26 de fevereiro, Bruno Sousa apresentou uma leve melhora, respondendo a estímulos.

Bruno abriu a boca, mexeu com os olhos, braços e pernas, deixando muito feliz quem o visitava.

O progresso é pequeno, porém enche de esperanças quem torce para o restabelecimento do jovem aprendiz.

Sigamos com os pensamentos positivos e orações para que o nosso Bolachinha consiga recuperar-se.

(ATUALIZAÇÃO – 18h45 – 26/02/2018)

====

Em mais uma oportunidade, no seu 14º dia de internação, o quadro do aprendiz Bruno Sousa segue alterado.

Em coma profundo, Bruno segue lutando por sua vida e seu quadro clínico encontra-se estável.

(ATUALIZAÇÃO – 15h35 – 24/02/2018)

=====

Desde a piora apresentada na segunda-feira, na qual foi precisa uma intervenção cirúrgica, o quadro de Bruno Sousa se apresenta grave, porém estável.

O jovem não está sob o efeito de sedação, mas segue em coma profundo e com o seu quadro clínico apresentando bom funcionamento – leia-se: pulmões, coração e pressão.

Seguimos mandando orações e boas vibrações para o jovem Bolachinha.

(ATUALIZAÇÃO – 23/02/2018 – 15h50)

=====

O quadro do aprendiz Bruno Sousa não apresentou mudanças também nesta quinta-feira (22.02). 

O aprendiz está em coma profundo e monitorado pelos médicos. 

Pulmão, coração e pressão seguem com seus funcionamentos normais.

Sigamos orando e mandando vibrações positivas para o jovem Bruno Sousa

(ATUALIZAÇÃO – 22/02 – 15h30)

=====

Em estado de coma profundo, o aprendiz Bruno Sousa segue lutando por sua vida.

O quadro clínico mantém-se inalterado com coração e pulmões funcionando perfeitamente e a pressão controlada

A situação não se alterou desde a cirurgia realizada na segunda-feira e os médicos continuam monitorando ao aprendiz a cada 40 minutos.

Sigamos orando e mandando vibrações positivas para o nosso Bolachinha. 

(ATUALIZAÇÃO 15h20 – 19/02/2018)

=====

Após a croniectomia descompressiva realizada na tarde desta segunda-feira, 18 de fevereiro, o quadro de Bruno Sousa é muito grave.

A cirurgia cumpriu seu intuito, de diminuir o inchaço no cérebro, mas a lesão de Bruno se mostra bem grave. O paciente é mantido no estado de coma justamente para o cérebro ir se reorganizando, por isso ele é avaliado de 40 em 40 minutos.

Nos dias anteriores, o aprendiz vinha apresentando uma melhora, mas hoje o quadro agravou-se. Clinicamente (coração, pressão, pulmão) Bruno encontra-se bem, mas o cérebro apresentou uma piora durante as últimas 24 horas.

Sigamos orando e mandando vibrações positivas para o nosso Bolachinha. 

(ATUALIZAÇÃO 19h30 – 19/02/2018)

====

O aprendiz Bruno Sousa teve uma piora no seu quadro geral e está neste momento no Centro Cirúrgico do Hospital Miguel Couto para a realização de uma croniectomia descompressiva (abrir o crânio para o cérebro expandir)

Assim que tivermos notícias, infirmaremos os familiares, amigos e turfistas do jovem aprendiz.

Sigamos orando e mandando vibrações positivas para o nosso Bolachinha. 

(ATUALIZAÇÃO 13h05 – 19/02/2018)

======

A febre (decorrente da pneumonia) voltou a incomodar Bruno Sousa durante a madrugada, deixando-o menos consciente durante o horário da visitação neste domingo, como é habitual nas pessoas em estado febril. Os médicos entraram com antibióticos e acreditam que logo a febre cederá.

O quadro neurológico segue estável e Bruno está com a pressão intracraniana normal e sem o uso do cateter desde o dia 16/02.

A luta é diária e nós não podemos esquecer de seguir pedindo orações e vibrações pela melhora do jovem Bolachinha, que completa hoje nove dias de internação no Hospital Miguel Couto.

(ATUALIZAÇÃO 14h30 – 18/02/2018)

======

Apresentando, segundo os médicos, um quadro de nítida evolução, Bruno Sousa recebeu a visita de alguns de seus companheiros de profissão e a “satisfação” do menino foi nítida por seu estado ofegante.

Alexandre Correia, Ângelo Márcio Souza, Edson Alvares, Jefferson Teles da Silva e Marcelo Almeida passaram pelo Miguel Couto e falaram bastante com Bruno. o que é recomendado pelos médicos.

A sedação ainda é mantida para se conter problemas neurológicos que possam aparecer, mas parece claro que em breve Bruno irá despertar.

Sua pressão intracraniana segue normal, nada de febre e sódio está no nível desejado.

A luta continua e esperamos que os amigos e fãs do nosso Bolachinha sigam com suas orações e vibraçoes positivas para acelerar essa recuperação.

(ATUALIZAÇÃO – 13h45 – 17/02/2018)

======

Os médicos retiraram o cateter de pressão intracraniana de Bruno Sousa, que ele haviam colocado no domingo anterior para medir o inchaço no crânio. Já sem as ataduras e apenas com pontos na cabeça, o aspecto do jovem era visivelmente melhor, assim como seu quadro geral.

A pneumonia está controlada, ele não apresenta quadro febril e o sódio, que estava um pouco alto, fazendo com que Bruno urinasse além do devido, diminuiu, ficando bem perto do nível esperado.

Com a presença de seus pais, da Supervisora da EPT e do médico que o acompanha, Bruno respondeu a estímulos, o que emocionou demais os presentes.

Seguimos todos orando e desejando pronta recuperação para o nosso “Bolachinha”. (ATUALIZAÇÃO 13h40 – 16/02)

======

No começo tarde desta quarta-feira, 14 de fevereiro, os médicos do Hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, informaram que o quadro de Bruno Sousa segue estável.

O medicamento aplacou o quadro de pneumonia e o aprendiz não tem mais febre e pelo cateter pode ser observado que cessou o inchaço no cérebro. 

Bruno segue somente respondendo os estímulos do lado esquerdo do corpo e uma intervenção cirúrgica está descartada, tendo em vista a situação de momento, informou a supervisora da EPT, Juliana Dias.

(ATUALIZAÇÃO – 14H05 – 14/02)

=====

Os médicos tiraram a sedação de Bruno Sousa. O aprendiz segue respondendo muito bem aos estímulos do lado esquerdo do corpo, mas do direito ainda não. O quadro geral é considerado estável.

Foi detectada uma pneumonia, porém Bruno já foi medicado com antibióticos e um quadro de febre que apresentou-se durante a madrugada está controlado.

Os pais de Bruno foram visitá-lo, assim como a supervisora da EPT, Juliana Dias, amigos e os alunos da Escolinha. As primeiras 96 horas são as mais críticas e já se passaram quase 72. E, neste período, as reações de Bruno tem agradado os médicos.

Pedimos que os familiares, amigos e turfistas sigam na corrente de fé para a pronta recuperação do popular “Bolachinha” #ForçaBrunoSousa

(ATUALIZAÇÃO 14H15 – 13/02)

======

Os pais de Bruno Sousa, João Batista e Maria do Carmo chegaram ao Rio de Janeiro e foram visitar seu filho no hospital.

Bruno ficou muito agitado com a presença da mãe, sinal nítido de que ele entende o que está acontecendo ao seu redor. Os alunos da EPT também estiveram presentes no horário de visitação para poderem ver o amigo.

A redução na sedação de ontem para hoje foi ainda mais significativa e Bruno tem respondido melhor aos estímulos com o lado esquerdo do corpo. O direito responde também, porém precisa ser ajudado pelos médicos e enfermeiras.

A remoção de Bruno para outro hospital está descartada nesse momento, uma vez que o Miguel Couto dispôe de neurocirurgião 24 horas o que não acontece, por exemplo, no São Lucas, para onde geralmente os atendidos do JCB são posteriormente transferidos.

O caso segue inspirando cuidados, pode haver sequelas, porém os médicos, não trabalham, no momento, com a hipótese de cirurgia, e estão vendo progressos no quadro apresentado desde a chegada do aprendiz no sábado (10.02), nos informou a Supervisora da EPT, Juliana Dias, que acompanha diariamente o jovem aprendiz. (ATUALIZAÇÃO 13H15 – 12/02)

========

No começo da tarde, já com a diminuição da sedação, Bruno respondeu a estímulos, ficando ofegante enquanto a Supervisora da EPT, Juliana Dias, conversava com ele. Quando ficou sabendo que seus pais estavam vindo para o RJ, Bruno levantou as sobrancelhas, como querendo dizer que estava entendendo (segunda informação da enfermeira). 

O quadro segue grave, ainda podendo ser necessária uma cirurgia de emergência, porém os médicos mostraram grande satisfação com a resposta de Bruno após o “alívio nos medicamentos”. (ATUALIZAÇÃO 13h15 – 11/02).

=======

Durante a madrugada os médicos implantaram um cateter de pressão intracraniana no aprendiz para monitorar de forma mais eficiente se está havendo aumento da pressão no crânio (ATUALIZAÇÃO – 11h30 – 11/02).

======

O quadro é considerado grave pelos médicos e na parte da tarde Bruno pode ser operado. 

Bruno Sousa acidentou-se após o desenrolar do sexto páreo da programação deste sábado, 10 de fevereiro, no Hipódromo da Gávea, do qual foi o ganhador montando João Amigão.

O jovem caiu do dorso de seu pilotado após o disco e ficou desmaiado no chão. Socorrido de pronto pela equipe médica do Jockey Club Brasileiro, Bruno foi encaminhado, ainda desacordado, para o hospital vizinho ao hipódromo, na companhia da Supervisora da EPT, Juliana Dias.

Bruno está sendo acompanhado pela equipe de neuro-cirurgiões do hospital

Pedimos para que todos os turfistas e amigos de Bruno torçam e orem por sua recuperação.

O horário de visitas é a partir das 12 horas no Hospital Miguel Couto, na Rua Mario Ribeiro 117 – Leblon – RJ.

da Redação 

Gostou da notícia? Compartilhe!